O que há de novo?
Loading...
O abacate é uma fruta repleta de qualidades, ela é composta por
betacaroteno, vitaminas A, B, C, D, E, proteínas, cálcio, magnésio, fósforo, ferro e potássio, além de ser ótima para o preparo de vitaminas e sobremesas. 

O abacate também ajuda a combater o mau colesterol do sangue, na alimentação de crianças para ajudar a formação de ossos e dentes, também é importante aliada contra a fadiga física e mental.

O abacate faz bem para saúde e tudo dele é aproveitado, das folhas se faz chás, que ajuda na eliminação de gases intestinais, pois o chá é diurético e carminativo, os caroços moídos bem finos e tostados, combate a diarreia e disenteria, é um poderoso afrodisíaco, diz a crença popular a polpa é um ótimo estimulante sexual, assim como as suas flores. 

Com o óleo do abacate, faz um azeite que serve para quem sofre de reumatismo e dor de gota. Não poderia deixar de ser o abacate também é usado na indústria de cosméticos, como ele é rico em vitaminas e gorduras, ele é usado para fabricação de produtos de beleza em geral.

O abacate como muitas pessoas acreditam, ela não causa aumento de peso, mesmo sendo proveniente de muitas gorduras, pois é uma gordura de boa qualidade, que são classificadas como gorduras monoinsaturadas que ajudam a reduzir o mau colesterol, e é o tipo de gordura que precisa ser adicionada as refeições, e que age como antioxidante bloqueando a toxidade do colesterol ruim que destrói as artérias.

Uma vantagem que o abacate tem é que proporciona uma sensação de saciedade, reduzindo assim a vontade de comer. 
Importante dizer que devido à gordura existente, também ocorre uma transformação lenta dos carboidratos ingeridos em açúcar, o que ajuda a diminuir e controlar o nível de glicose no sangue e da insulina.


Esse post é em respostas aos leitores do blog e feito baseado nas minhas experiências.
O mais importante é conhecer a textura do seu cabelo.
O meu cabelo é bastante cacheado e eu sentir que começou a alisar nas 10 aplicações, mas se um cabelo for difícil de alisar pode demorar de 20 a 30 aplicações, também depende de qual henê você optou por usar, existem os henês tradicionais, suaves, médios e fortes. Na embalagem tem escrito quantas vezes você pode usá-lo. O que costumo usar é o henê pelúcia, ele pode ser usado 2 vezes na semana até conseguir o liso desejado e depois é aconselhável aplica somente na raiz de 15 a 30 dias dependendo do crescimento dos fios, e quando as pontas tiver lisas as proteja com algum óleo para não correr o risco de levar henê para as pontas e sobrecarregar os fios. O henê não é compatível com outras químicas (tioglicolato de amônia, guanidina, hidróxido de sódio, algumas progressivas) e (tintas com amônia e água oxigenada). É preciso ter certeza ao usá-lo porque ele só sai com tesouro.


Observação importante:
Quem decide usar henê precisa de paciência e tranquilidade, nada de ansiedade para alisar se não pode acabar danificando os fios. O henê deixa o cabelo lindo, mas é preciso de cuidado iguais a quaisquer químicas.

Ratificando:

  • O que você precisa saber é que o henê alisar gradativamente.
  • Quando conseguir o liso desejado usar somente na raiz e proteger as pontas com reparadores de pontas ou óleos para não sobrecarregar os fios. 
  • Fazer hidratações, pois o henê é uma química e precisa desses cuidados. 
  • Não usar outras químicas por cima do henê. 
  • Henê só sai com tesoura, caso se arrepender ou quiser mudar terá que esperar o cabelo crescer. 
  • Lavar bem o couro cabeludo, eu acredito que a maioria da queda relatada é porque não retira bem o resíduo de henê no couro cabeludo e com o tempo ele vai acumulando e pode obstruir os folículos pilosos e enfraquecendo a raiz, a raiz precisa respirar. 
Um conselho de quem já usou henê em 2012 e teve quebra e queda e agora em 2016 que está com os fios fortes e saudáveis.
  1. Não fique trocando de henê use uma marca caso não gostar do efeito que ele da nos seus fios você pode trocá-lo, mas não aconselho cada vez que passar usar um diferente.
  2. Não coloque nada no henê para alisar mais rápido, passe somente puro se for o em gel, nos em pó na embalagem ensina como fazer.
  3. Ao retirar o cheiro do henê dos fios muito cuidado com dicas, eu não sinto cheiro nos meus cabelos. Eu sempre opto por produtos bem perfumados. 
  4. A queratina é muito importante por manter os fios resistentes, no meu caso que lavo os cabelos diariamente eu preciso repor aminoácidos constantemente porque meu cabelo fica frágil. Eu uso a queratina da Bio Extratus eu não passo ela pura nos fios, sempre coloco uma tampinha da queratina em duas colheres de mascara capilar e faço uma hidratação, isso ajuda o cabelo a ficar mais resistente. Pelo menos 1 vez na semana eu faço esse tratamento, mas isso é cada cabelo, eu te aconselho todas as vezes que você sentir os cabelos frágeis faça uma reconstrução isso evita a quebra dos fios.

Você tem algumas informações sobre o henê? Quer acrescentar mais alguns detalhes que eu possa ter esquecido? Sua participação é de grande valia.


Cabelos saudáveis precisam de tratamentos e manutenções.
Não é complicado ter os cabelos sedosos e bonitos. Entretanto, é preciso de dedicação e saber escolher os produtos certos para seu tipo de fio. Então, para você conseguir o tão sonhado cabelo de diva basta seguir esses conselhos.

Vamos às dicas:
- O procedimento de cortar as pontas a cada 30 dias mantém os fios saudáveis e evita pontas ressecadas e duplas, mas é importante dizer que é somente para quem deseja manter o corte, porém quem deseja ter os cabelos compridos pode optar em cortá-los com menor frequência, mas que não ultrapassem 3 meses. Esse simples ato evita pontas ralas, pontas duplas e quebras.

- O ato de lavar os fios é um processo que precisa de dedicação, principalmente cabelos longos e que embaraçam com facilidade. Os fios quando estão molhados se tornam mais frágeis, então ao desembaraçar os cabelos evita o máximo fazê-lo debaixo do chuveiro e use pente de dentes largos. Cabelos longos devem ser desembaraçados aos poucos, divida os fios em mechas e desembaracem começando sempre do comprimento as pontas e depois penteie a raiz. Desta forma, evita que os fios arrebentem.

- O condicionador não deve ser esquecido, ele é fundamental para manter os cabelos hidratados. A função do condicionador é manter as cutículas seladas. O shampoo abre as escamas, a máscara reponha tudo que o cabelo perdeu ao longo do dia e o condicionador sela, finalizando o tratamento e mantendo todos os nutrientes. Por isso, que os cabelos lisos e oleosos devem usá-los, porém devem ser usados somente no comprimento e pontas, jamais usem na raiz para não estimular as glândulas sebáceas a produzirem mais sebo.

- Para quem é adepta a escova convencional é importante tirar bastante a água dos fios, faça sempre escova com os cabelos úmidos. Desta forma, os fios secam mais rápidos e o atrito da escova e do ar quente do secador será bem menor e não se esqueça de usar protetor térmico para proteger a fibra capilar. A escolha da escova também é importante, as escovas arredondadas são excelentes para da forma aos fios, as de diâmetros maiores alisam e as estreitas dão volume.

- Ao adquirir escovas optam sempre pelas cerdas naturais ou mistas. As de cerdas unidas são indicadas para cabelos lisos e de cerdas separadas para cabelos cacheados. 

Existem várias dicas para manter os cabelos saudáveis. O que você faz para manter os seus cabelos sempre bonitos. Conte para nós, sua participação é sempre bem-vinda!

Pois bem?
Esse é mais um esclarecimento sobre o meu uso com henê.
Quando eu resolvi parar de usar henê em 2013 fiquei com várias dúvidas e hoje eu posso “me responder” onde foi que eu errei ao tratar os meus cabelos com henê.

No post no meu blog Mais Saúde e Beleza Online (leia a matéria) eu fiz vários questionamentos sobre como usá-lo e como saber onde eu errei. 
A minha experiência desde o começo não foi agradável e é preciso dizer que ninguém sabe como cada pessoa cuida de seus cabelos e isso ninguém tem como saber, às vezes nós mesmos nos sabotamos e culpamos os produtos, não é verdade?

Hoje eu posso responder esses comentários que naquela época me deixava estressada, eu confesso.

Essas frases são sobre quebra e queda com henê.
Eu estou falando aqui sobre a minha experiência com o meu cabelo. Eu só posso falar aquilo que deu certo pra mim.

- Que eu não soube usar o henê;
Sim. Hoje eu concordo.
O que eu posso dizer sobre.
O henê é uma química e eu confesso que usei em excesso, às vezes passava em intervalos menores do que indicado no rótulo. Eu fazia isso porque o meu comprimento já estava liso por causa de outra química e queria igualar, pois me incomodavam duas texturas.

- Que não cuidei bem do meu cabelo;
Também concordo como eu já estava com quebra e me disse que queratina poderia causar quebra se usada em excesso, fiquei com receio, mas se os meus fios já estavam com quebra como eu poderia saber se é excesso ou não da queratina, hoje eu percebi que meu cabelo necessita de queratina, pois eles são lavados diariamente e por isso perde aminoácidos e a quebra é exatamente por sua falta. 
Hoje em dia eu uso a queratina todas as vezes que eu sinto meus fios fracos, como eu sei que meus cabelos estão frágeis? Quando eu puxo e ele se arrebenta com facilidade, se eu perceber essa fragilidade eu faço um tratamento com queratina até sentir que os fios estão fortes novamente, mas eu não passo a queratina pura não, eu misturo uma tampinha na minha mascara capilar e aplico enluvando mecha a mecha com os fios lavados e úmidos, deixo agir por 15 minutos e finalizo com creme sem enxágue e deixo secar naturalmente.

- Que eu fazia misturas com henê;
Confesso que eu fiz sim misturas.
Eu usei henê com leite.
Misturei henê em gel com henê em pó.
Quer dizer, eu mesma cavei a quebra dos meus fios e depois culpei o henê pelo estrago, mas hoje eu sei que fui totalmente à culpada.

- Que era por falta de hidratação;
Sobre hidratação eu concordo em partes, pois nessa parte eu sempre cuidei bem, porém faltava o principal que é a queratina, usava uma vez ao mês, mas não era o suficiente para repor o que meu cabelo perdia, pois ele era e é lavado diariamente.

- Que é por excesso de hidratação;
Nesse caso tenho certeza que não.

- Que é por excesso de queratina;
Agora com a volta do henê, eu sinceramente mesmo usando queratina duas vezes na semana ou quando o meu cabelo está fraco eu nunca notei esse excesso de queratina, então para deixar os fios rígidos à pessoa deve extrapolar com a quantidade usada. Eu não faço uso de queratina pura, talvez seja isso por eu nunca ter sentido fios rígidos. 

- Que não retirava bem o henê do couro cabeludo;
Eu acredito, que couro cabeludo com resíduo de henê pode sim causar a queda, isso acontece até com cabelos oleosos ou excesso de creme acumulado no couro cabeludo, penso eu, se o bulbo capilar está obstruído os folículos pilosos podem enfraquecer e adeus raiz.

- Que é preciso usar tônico antiqueda para fortalecer a raiz;
Na verdade eu prefiro uma alimentação mais saudável incluindo vitaminas A, B, C e proteínas.
A couve é uma verdura extremamente rica em nutrientes e vitaminas e comecei a comê-la diariamente uma folha ao dia e notei que meus cabelos estão mais resistentes e não tenho mais queda. Então, não é necessário usar tônico desde que sua alimentação seja equilibrada e seu corpo não tenha deficiência desses nutrientes.

- Que usou henê muitas vezes no comprimento e não protegeu as pontas;
Concordo, o excesso de química pode fragilizar os fios, uma hora esse cabelo vai saturar e vai se romper. Isso acontece com qualquer procedimento químico e provavelmente foi isso que aconteceu com os meus cabelos.

- Que não respeitou o tempo descrito na embalagem do produto;
Concordo se está lá é porque deve ser seguido à risca, mas às vezes a ansiedade do liso é tão grande e o henê demora em alisar, ai acaba por fazer sem imaginar as conseqüências dos danos causados aos fios.

- Que seu corpo está com deficiência de vitaminas;
Concordo, talvez esteja faltando àquela quantidade de vitamina para os fios. O nosso corpo absorve os nutrientes e os últimos a recebê-los são cabelos e unhas, então vamos nos alimentar de forma correta para termos cabelos saudáveis.

Como saber o que enquadra ao meu problema, então como eu vou saber o que realmente está certo?

Sabe a resposta?
É você saber observar os seus fios, somente assim você vai saber como cuidá-los.

Outra pergunta?
Você sabe qual é o produto que te causou danos nos seus fios?

Você é aquela que usa vários produtos capilares?
E se um está te causando dano, você vai saber distinguir qual foi?
Então, será que vale a pena essa quantidade de produtos capilares?

Eu não tenho costume de experimentar e trocar meus produtos de cabelo, o que está ganhando não se meche.

O que você achou desse post?

Conte para nós suas experiências.




O primeiro a se fazer é não ficar preocupada com a queda, isso só vai agravar o problema. A sua queda foi por causa do botox e uso de tintura, é importante que você dê uma pausa nas químicas para o couro cabeludo descansar. Fique pelo menos 3 meses sem usar nada que possa fragilizar os fios.

Continua usando o tônico para queda para estimular os folículos pilosos, isso vai fortalecer o bulbo capilar e os fios voltarão a crescer mais fortes. Fazer massagens no couro cabeludo também é importante, lavar o couro cabeludo ajuda a desobstruir os poros e a raiz possa respirar, continue usando shampoo específico para queda capilar.
Para seu cabelo crescer saudável é importante uma alimentação saudável é indicado comer muitas frutas e legumes que tenha vitamina B, C, A e E e proteínas e beba muita água. Você vai ver que os cabelos voltarão a crescer.
Quando a uma queda excessiva é demorado o bulbo capilar voltar a produzir novos fios, pois foi arrancado da raiz, tem fios que demoram mais de 5 meses para voltar a criar raízes, por isso é importante se alimentar bem para dar força a esses fios novos que vão chegar. É importante deixar o couro cabeludo sempre limpo e não deixe o couro cabeludo oleoso isso pode atrapalhar o desenvolvimento de seus fios novos. 
Faça hidratações para manter os fios fortes.
Qualquer dúvida é só perguntar.


Você já teve queda capilar?Conte para nós, a sua participação é muito importante.

Sua fibra capilar está danificada, com aspecto ressecado, sem elasticidade e frágil? Você sabe qual é o tratamento seguir para devolver a vida aos seus fios? Pois bem, primeiro tratamento a ser feito é repor tudo aquilo que seus cabelos perderam com esses processos químicos que agridem a fibra capilar.

Existem vários tratamentos para repor os aminoácidos que são tão importantes para manter os cabelos saudáveis. A queratina possui ação protetora e fortalecedora. Por isso, é fundamental para os fios que necessitam dessa proteína para continuarem fortes, com elasticidade, brilho, volume e resistência que é indispensável para a saúde dos cabelos.

Quando os fios passam por processos químicos, sejam eles, por descoloração, tintura, alisamento, permanente ou mesmo escova e chapinha os cabelos sofrem com as agressões se tornando quebradiços, frágeis, finos e sem elasticidade. Quando aplicada, essa proteína, ela devolve força e vitalidade aos cabelos, uma vez que penetra no fio e o reconstrói por meio de suas cutículas.

O resultado do tratamento são cabelos fortes, macios, com balanço, resistente e aspecto saudável. O ativo vegetal é bem similar com a queratina humana, o que garante ainda mais benefícios e melhores resultados de regeneração do brilho. A queratina vegetal também é conhecida com fitoqueratina.

A queratina vegetal é extraída do arroz, soja, trigo ou milho. Ao comprar um produto capilar de reconstrução deve está descrito no rótulo:
- Hydrolyzed Wheat Protein (extraído do trigo)
- Hydrolyzed Corn Protein (extraído do milho)
- Hydrolyzed Rice Protein (extraído do arroz)
- Hydrolyzed Soy Protein (extraído da soja)
- Hydrolized Vegetable Protein (extraído das algas)

A queratina é formada cerca de 21 aminoácidos. São eles: Aspargito, Glicina, Alanina, Serina, Cisteína, Tirosina, Ácido Aspártico, Ácido Glutâmico, Arginina, Histinina, Aspargina, gleitamina, prolina, fernilalanina, valina, triptolina, Lisina, Leucina, Isoleucina, Metionina e Treonina.

Quais são os produtos que você costuma usar nos seus cabelos? Conte para nós, sua participação é muito importante.

O preço que se paga para conseguir um corpo perfeito
Será que vale se sacrificar para ter um corpo perfeito e todo malhado? Será que vale se sacrificar em uma academia carregando tanto peso sobrecarregando o seu coração? A pessoa fica tão obcecada e não percebe o que pode está acontecendo ao seu corpo. Tudo em excesso é prejudicial.

Você sabia que os suplementos estimulantes para malhar são perigosos quando não se sabe a sua procedência? Esses suplementos prometem músculos rápidos e emagrecimento rápido, mas podem levar a problemas cardíacos e insuficiência renal.
Um colega do facebook fez uso desses suplementos e malhava pesado foi fazer uma cirurgia de apendicite, até ai nada de grave, ele teve 3 paradas cárdicas, ficou em coma não resistiu e faleceu. 
Será mesmo que vale esse sacrifico todo?
“Não vá atrás de conversas de amigos. Para qualquer alteração no corpo é preciso passar por uma série de avaliações clínicas para ver qual a condição de saúde da pessoa.”

O que você pensa sobre ter o corpo sarado estilo fitness?
Conta pra nós. A sua opinião é sempre bem-vinda!
Para você não detonar os cabelos com chapinha, vou dar algumas dicas importantes para manter os fios sempre hidratados.

Veja abaixo algumas perguntas e respostas sobre o uso da chapinha e se ela realmente estraga os cabelos.

1º- A chapinha estraga os cabelos, deixando eles ressecados e quebradiços?
Não, desde que você use a chapinha adequadamente, para proteger os cabelos é importante não exagerar na temperatura do aparelho que deve estar no máximo em 190 graus, mais quente pode sim detonar os fios.

2º- Que produto usar antes de passar a chapinha?
Use creme sem enxágüe (os leaven-in) com termoativado ou termoprotetor que tenha em sua formulação a queratina ou o silicone.

3º- E depois de usar a chapinha, o que devo usar?
Passe um hidratante a base de óleo, os reparadores de pontas são essências para repor a água perdida dos fios.

4º- O que prejudica mais os cabelos, o secador ou a chapinha?
Chapinha prejudica mais, pois o calor passa diretamente nos fios. Por isso, deve usar com cuidado e moderação, nada de exageros.

5º- Quais os danos causado pela chapinha?
Os cabelos podem ficar ressecados, e em caso mais graves podem quebrar e até mesmo queimar os fios.

6º- Quantos dias por semana é recomendado o uso da chapinha?
Se usado da maneira certa pode ser usada 3 vezes por semana, mais que isso eu não aconselho.

7º- Pode usar a chapinha em cabelos molhados?
Não. Porque para secá-lo vai ser necessário varias pranchada, e isso pode acabar cozinhando os fios. O recomendado é fazer uma escova antes, ou mesmo bater o secador dependendo do tipo do cabelo.

8º- Mesmo sendo chapinha própria para cabelos molhados?
Não é aconselhável mesmo sendo própria para cabelos molhados.

9º- A chapinha pode ser encostado no couro cabeludo?
Não. Pode acabar queimando o couro cabeludo, mantenha uma distancia de 3 centímetro de distancia.

10º- Faz mal usar a chapinha em crianças?
Não é aconselho o uso de aparelhos agressivos em crianças menores.

11º- Qual é a vantagem da chapinha de cerâmica?

Ela mantém uma temperatura estável, por isso, não é necessário pranchar os cabelos muitas vezes no mesmo lugar.

12º- E a chapinha de íon?
Ela fecha as cutículas, deixando os fios mais brilhantes e macios e acaba com o arrepiado, o famoso frizz.

Você costuma usar chapinha?Conte para nós os produtos que você costuma usar para proteger os fios das agressões do calor da chapinha.Sua opinião é sempre bem-vinda!
Eu não sou muito de testar produtos capilares, normalmente costumo usar sempre os mesmos. Então, se o meu cabelo está saudável e se por aventura usar outro produto eu terei a certeza que foi ele que danificou ou não os meus fios. Quando eu tive quebra a 3 anos atrás fiquei na dúvida qual o produto que tinha me causado os danos, pois estava fazendo o uso de henê, então pensei - é o henê, porém na época essa quebra só apareceu depois que eu comecei a fazer o uso de óleo de coco. Como assim? O óleo de coco é excelente para os cabelos, então nem cogitei que poderia ser ele. Eu decidi parar de usar henê, entrei em transição em seguida e voltei com os fios naturais.

Agora em 2016 como o meu cabelo estava saudável e natural pensei em usar henê novamente. Comecei a aplicar em 09 de Abril de 2016, já fiz 12 aplicações e a fibra capilar continua forte e com elasticidade normal dos fios, sempre fazendo as hidratações com os produtos de sempre. Pensei agora eu acertei com henê, aprendi a cuidar dos fios.

Até nesse momento eu não tinha usado o óleo de coco nem com os cabelos naturais, mas pensei eu vou fazer uma umectação, passei o óleo de coco nos cabelos e fui dormir. No dia seguinte de manhã lavei os meus cabelos e senti meus fios frágeis novamente e até um dia anterior não estava. Lógico que na minha cabeça veio novamente à dúvida se foi o henê. Então, dei uma pausa com henê 19 de Junho de 2016 e com o óleo de coco, comecei a fazer reconstrução usando queratina misturada a máscara capilar durante 1 semana sem intervalos e consegui devolver a elasticidade a fibra capilar. O cabelo está forte novamente.

Eu ainda não fiz minha aplicação de henê, hoje é dia 06 de Julho de 2016, e tenho feito teste com o óleo de coco uma vez na semana somente os fios da nuca e tenho sim sentido os meus fios frágeis, sem elasticidade, se partindo facilmente e o restante dos fios continuam normais.

Por isso eu digo, preste bem atenção aos seus fios quando testar produtos novos, talvez possa ser ele que está danificando os seus cabelos e você nem imagina que pode ser. Não é porque aquele produto é excelente para suas amigas que vai ser pra você também. Eu vou voltar a usar henê somente em Agosto e retornarei aqui para confirmar se realmente foi o óleo de coco que enfraqueceu meus fios.



Aguarde...

Como fazer óleo de coco usando a geladeira (Prensado a frio)

Dica:
Processo diferente, não é o mesmo do vídeo.
Faça o processo direto na garrafa pet. É o jeito mais fácil de extrair o óleo.
- Ao invés de usar a vasilha você pode usar uma garrafa pet.


- O procedimento é basicamente o mesmo que você deve seguir.

Na hora de fermentar o leite por 48hs você pode colocá-lo diretamente na garrafa pet, derrame o leite na garrafa e embrulha com uma toalha para conseguir chegar a temperatura de 24ºC.

- Para o óleo se separar do creme e do soro, coloque a garrafa virada de cabeça para baixo em um lugar escuro e quente (armário) por 48hs, depois desse tempo, retire a toalha não vire a garrafa e não balança.

- Você vai ver as 3 etapas de baixo para cima: soro, óleo e creme. Coloque a garrafa na geladeira por 3hrs ou até o óleo de coco solidificar.

- Depois do óleo se solidificar, retire o soro da garrafa abrindo a tampa.

- Para remover o óleo, corte a garrafa perto do creme e tire o creme com uma colher não confunda com o óleo.

- Coloque o óleo em um vidro com tampa e deixe em temperatura ambiente para ficar líquido, se quiser o óleo solidificado coloque novamente a geladeira.

Assista ao vídeo com o passo a passo usando vasilha de plástico.






As informações fornecidas no Cabelo Beleza e Saúde são para simples referência. O seu conteúdo não deve ser utilizado para autotratamento e automedicação. Sempre procurar um médico, pois somente ele poderá indicar o melhor para a sua saúde e nada substitui a palavra de um especialista.
Copyright © 2016 Todos os direitos reservados Precisamos de leitores com ou sem experiência. . Tecnologia do Blogger.