O que há de novo?
Loading...
Eu acredito que o segredo é usar henê como manda na descrição sendo o henê puro sem fazer misturas para alisar mais rápido e não passá-lo nas partes já lisas para não sobrecarregar os fios. 

Eu acredito que uma vez ao mês não vai alisar a raiz, o comprimento vai alisar, mas você vai demorar pelo menos 1 ano dependendo da textura do seus fios. O que você pode optar é passar uma vez na semana, talvez o seu cabelo alise em 4 ou 5 meses. Eu acredito que o segredo para manter os fios saudáveis é repor a queratina, todo tratamento que muda a estrutura do cabelo acaba por fazer os fios perder a queratina e sem queratina os fios se partem, (o excesso também, mas é só saber distinguir o que o cabelo precisa no momento das hidratações.  

Eu também tive quebra em 2012, cortei o cabelo e deixei crescer naturalmente, mas antes de optar pelo henê alisava com hidróxido de sódio e não sabia que meu cabelo estava fragilizado e com o uso do henê meu cabelo ficou mais frágil ainda com a fibra parecendo linha podre. Eu não entendia porque tinha meninas com os cabelos enormes se realmente o henê apodrece os fios e decidi testar em 2016 com os cabelos naturais e saudáveis para ter certeza se os fios ficam tão fracos que chega a quebrar.

Todas as vezes que eu aplicava o henê eu fazia um teste com meus fios e esse teste eu faço até hoje. Sabe aquele cabelo que fica no ralo do banheiro quando lavamos?
  • Então, eu sempre pego esses fios e os puxo, caso ele se arrebentar com facilidade eu sei que ele está precisando de queratina e na lavagem seguida eu faço um tratamento com queratina (uso uma tampinha da queratina bio extratus com duas colheres de mascara capilar, não uso queratina pura nos fios, eu sempre uso misturada a mascara capilar) esse tratamento mantém minha fibra capilar sempre forte e evita a quebra.
  • Se eu fizer o teste e sentir meus fios rígidos eu faço o tratamento de nutrição (máscara rica em óleos).
  • E caso meu cabelo esteja com elasticidade (não é fios elásticos) eu faço uma hidratação.
Para evitar a queda eu sempre faço uma boa higienização no couro cabeludo para evitar resíduo do henê e também não troco meus produtos capilares, talvez o uso de muitos produtos nos impeça de saber quais produtos estão nos causando danos como:  quebra e queda.

Se cada dia passar um produto diferente e caso o cabelo tenha quebra eu não vou saber quais foram os produtos que me causaram danos, e com os produtos que eu já conheço eu sei se caso acontecer de ter algum problema eu sei que não são eles, desta forma, é mais fácil de distinguir.   
Qualquer duvida é só perguntar.

Para saber distinguir é importante fazer um teste com sua fibra capilar. Faça sempre esse ritual. Quando você lavar os seus cabelos, você vai pegar aqueles fios que ficam no ralo do banheiro e vai puxá-los. Esse simples ato ajudará a mantê-los sempre fortes e saudáveis.
- Se seus cabelos arrebentarem com facilidade, eles estão fragilizados e precisam de queratina para fortalecê-los. A queratina é essencial para manter os fios protegidos dos danos causados por químicas, entre outros.
- Se seus cabelos não se arrebentarem com facilidade, eles podem está com excesso de queratina. A queratina em excesso pode deixar os fios rígidos e quando os cabelos estão secos podem sim quebrar por não ter elasticidade. O atrito do pente, escova e as mãos podem quebrá-los. Os cabelos saudáveis deve ter elasticidade (não são fios elásticos) isso evita que os fios se quebrem. Essa dica de tratamento é muito importante seguir, mas lembre-se, você deve ter certeza absoluta que é de queratina que seu cabelo necessita, do contrário, ele pode piorar a quebra.
- Se seus cabelos estiverem fragilizados (arrebentando com facilidade) você vai fazer um tratamento com queratina até sentir os fios fortes novamente.

Vamos a etapa de tratamento:
Como eu mantenho meu cabelo saudável.
Eu uso a queratina da Bio Extratus e a máscara capilar de tutano e ceramidas da MissAnne.
Eu misturo 2 tampinhas da queratina e faço uma hidratação normal, sem uso de secado e chapinha.
Enluvo os cabelos de mecha a mecha e coloco em uma touca de alumínio e deixo agir por 20 minutos, depois enxáguo e finalizo com condicionador. Eu faço esse tratamento todas as vezes que eu lavo os cabelos e até sentir os fios fortes.
(Fazendo o mesmo procedimento de puxar os fios molhados que ficam no ralo do banheiro. Com esse tratamento você observa como o seu cabelo está mudando a textura).
  • Quando o cabelo recuperar a elasticidade eu volto com o cronograma capilar e uso a queratina a cada 15 dias ou quando o cabelo necessitar.
  • Agora caso o seu cabelo estiver rígido (duro), você precisa hidratar com máscaras hidratantes e esqueça um pouco dos produtos a base de queratina.
Observação:
Então, é você que tem que distinguir o que seu cabelo está precisando. Máscara de tutano com ceramidas é excelente para manter os fios saudáveis.
Eu não passo queratina pura nos cabelos não, sempre misturada à máscara capilar
O que você faz para manter os cabelos saudáveis?
Conte para nós, sua participação é sempre bem-vinda.

Como fazer óleo de coco usando a geladeira (Prensado a frio)

Dica:
Processo diferente, não é o mesmo do vídeo.
Faça o processo direto na garrafa pet. É o jeito mais fácil de extrair o óleo.
- Ao invés de usar a vasilha você pode usar uma garrafa pet.


- O procedimento é basicamente o mesmo que você deve seguir.

Na hora de fermentar o leite por 48hs você pode colocá-lo diretamente na garrafa pet, derrame o leite na garrafa e embrulha com uma toalha para conseguir chegar a temperatura de 24ºC.

- Para o óleo se separar do creme e do soro, coloque a garrafa virada de cabeça para baixo em um lugar escuro e quente (armário) por 48hs, depois desse tempo, retire a toalha não vire a garrafa e não balança.

- Você vai ver as 3 etapas de baixo para cima: soro, óleo e creme. Coloque a garrafa na geladeira por 3hrs ou até o óleo de coco solidificar.

- Depois do óleo se solidificar, retire o soro da garrafa abrindo a tampa.

- Para remover o óleo, corte a garrafa perto do creme e tire o creme com uma colher não confunda com o óleo.

- Coloque o óleo em um vidro com tampa e deixe em temperatura ambiente para ficar líquido, se quiser o óleo solidificado coloque novamente a geladeira.

Assista ao vídeo com o passo a passo usando vasilha de plástico.



O abacate é uma fruta repleta de qualidades, ela é composta por
betacaroteno, vitaminas A, B, C, D, E, proteínas, cálcio, magnésio, fósforo, ferro e potássio, além de ser ótima para o preparo de vitaminas e sobremesas. 

O abacate também ajuda a combater o mau colesterol do sangue, na alimentação de crianças para ajudar a formação de ossos e dentes, também é importante aliada contra a fadiga física e mental.

O abacate faz bem para saúde e tudo dele é aproveitado, das folhas se faz chás, que ajuda na eliminação de gases intestinais, pois o chá é diurético e carminativo, os caroços moídos bem finos e tostados, combate a diarreia e disenteria, é um poderoso afrodisíaco, diz a crença popular a polpa é um ótimo estimulante sexual, assim como as suas flores. 

Com o óleo do abacate, faz um azeite que serve para quem sofre de reumatismo e dor de gota. Não poderia deixar de ser o abacate também é usado na indústria de cosméticos, como ele é rico em vitaminas e gorduras, ele é usado para fabricação de produtos de beleza em geral.

O abacate como muitas pessoas acreditam, ela não causa aumento de peso, mesmo sendo proveniente de muitas gorduras, pois é uma gordura de boa qualidade, que são classificadas como gorduras monoinsaturadas que ajudam a reduzir o mau colesterol, e é o tipo de gordura que precisa ser adicionada as refeições, e que age como antioxidante bloqueando a toxidade do colesterol ruim que destrói as artérias.

Uma vantagem que o abacate tem é que proporciona uma sensação de saciedade, reduzindo assim a vontade de comer. 
Importante dizer que devido à gordura existente, também ocorre uma transformação lenta dos carboidratos ingeridos em açúcar, o que ajuda a diminuir e controlar o nível de glicose no sangue e da insulina.


Esse post é em respostas aos leitores do blog e feito baseado nas minhas experiências.
O mais importante é conhecer a textura do seu cabelo.
O meu cabelo é bastante cacheado e eu sentir que começou a alisar nas 10 aplicações, mas se um cabelo for difícil de alisar pode demorar de 20 a 30 aplicações, também depende de qual henê você optou por usar, existem os henês tradicionais, suaves, médios e fortes. Na embalagem tem escrito quantas vezes você pode usá-lo. O que costumo usar é o henê pelúcia, ele pode ser usado 2 vezes na semana até conseguir o liso desejado e depois é aconselhável aplica somente na raiz de 15 a 30 dias dependendo do crescimento dos fios, e quando as pontas tiver lisas as proteja com algum óleo para não correr o risco de levar henê para as pontas e sobrecarregar os fios. O henê não é compatível com outras químicas (tioglicolato de amônia, guanidina, hidróxido de sódio, algumas progressivas) e (tintas com amônia e água oxigenada). É preciso ter certeza ao usá-lo porque ele só sai com tesouro.


Observação importante:
Quem decide usar henê precisa de paciência e tranquilidade, nada de ansiedade para alisar se não pode acabar danificando os fios. O henê deixa o cabelo lindo, mas é preciso de cuidado iguais a quaisquer químicas.

Ratificando:

  • O que você precisa saber é que o henê alisar gradativamente.
  • Quando conseguir o liso desejado usar somente na raiz e proteger as pontas com reparadores de pontas ou óleos para não sobrecarregar os fios. 
  • Fazer hidratações, pois o henê é uma química e precisa desses cuidados. 
  • Não usar outras químicas por cima do henê. 
  • Henê só sai com tesoura, caso se arrepender ou quiser mudar terá que esperar o cabelo crescer. 
  • Lavar bem o couro cabeludo, eu acredito que a maioria da queda relatada é porque não retira bem o resíduo de henê no couro cabeludo e com o tempo ele vai acumulando e pode obstruir os folículos pilosos e enfraquecendo a raiz, a raiz precisa respirar. 
Um conselho de quem já usou henê em 2012 e teve quebra e queda e agora em 2016 que está com os fios fortes e saudáveis.
  1. Não fique trocando de henê use uma marca caso não gostar do efeito que ele da nos seus fios você pode trocá-lo, mas não aconselho cada vez que passar usar um diferente.
  2. Não coloque nada no henê para alisar mais rápido, passe somente puro se for o em gel, nos em pó na embalagem ensina como fazer.
  3. Ao retirar o cheiro do henê dos fios muito cuidado com dicas, eu não sinto cheiro nos meus cabelos. Eu sempre opto por produtos bem perfumados. 
  4. A queratina é muito importante por manter os fios resistentes, no meu caso que lavo os cabelos diariamente eu preciso repor aminoácidos constantemente porque meu cabelo fica frágil. Eu uso a queratina da Bio Extratus eu não passo ela pura nos fios, sempre coloco uma tampinha da queratina em duas colheres de mascara capilar e faço uma hidratação, isso ajuda o cabelo a ficar mais resistente. Pelo menos 1 vez na semana eu faço esse tratamento, mas isso é cada cabelo, eu te aconselho todas as vezes que você sentir os cabelos frágeis faça uma reconstrução isso evita a quebra dos fios.

Você tem algumas informações sobre o henê? Quer acrescentar mais alguns detalhes que eu possa ter esquecido? Sua participação é de grande valia.


Cabelos saudáveis precisam de tratamentos e manutenções.
Não é complicado ter os cabelos sedosos e bonitos. Entretanto, é preciso de dedicação e saber escolher os produtos certos para seu tipo de fio. Então, para você conseguir o tão sonhado cabelo de diva basta seguir esses conselhos.

Vamos às dicas:
- O procedimento de cortar as pontas a cada 30 dias mantém os fios saudáveis e evita pontas ressecadas e duplas, mas é importante dizer que é somente para quem deseja manter o corte, porém quem deseja ter os cabelos compridos pode optar em cortá-los com menor frequência, mas que não ultrapassem 3 meses. Esse simples ato evita pontas ralas, pontas duplas e quebras.

- O ato de lavar os fios é um processo que precisa de dedicação, principalmente cabelos longos e que embaraçam com facilidade. Os fios quando estão molhados se tornam mais frágeis, então ao desembaraçar os cabelos evita o máximo fazê-lo debaixo do chuveiro e use pente de dentes largos. Cabelos longos devem ser desembaraçados aos poucos, divida os fios em mechas e desembaracem começando sempre do comprimento as pontas e depois penteie a raiz. Desta forma, evita que os fios arrebentem.

- O condicionador não deve ser esquecido, ele é fundamental para manter os cabelos hidratados. A função do condicionador é manter as cutículas seladas. O shampoo abre as escamas, a máscara reponha tudo que o cabelo perdeu ao longo do dia e o condicionador sela, finalizando o tratamento e mantendo todos os nutrientes. Por isso, que os cabelos lisos e oleosos devem usá-los, porém devem ser usados somente no comprimento e pontas, jamais usem na raiz para não estimular as glândulas sebáceas a produzirem mais sebo.

- Para quem é adepta a escova convencional é importante tirar bastante a água dos fios, faça sempre escova com os cabelos úmidos. Desta forma, os fios secam mais rápidos e o atrito da escova e do ar quente do secador será bem menor e não se esqueça de usar protetor térmico para proteger a fibra capilar. A escolha da escova também é importante, as escovas arredondadas são excelentes para da forma aos fios, as de diâmetros maiores alisam e as estreitas dão volume.

- Ao adquirir escovas optam sempre pelas cerdas naturais ou mistas. As de cerdas unidas são indicadas para cabelos lisos e de cerdas separadas para cabelos cacheados. 

Existem várias dicas para manter os cabelos saudáveis. O que você faz para manter os seus cabelos sempre bonitos. Conte para nós, sua participação é sempre bem-vinda!

Pois bem?
Esse é mais um esclarecimento sobre o meu uso com henê.
Quando eu resolvi parar de usar henê em 2013 fiquei com várias dúvidas e hoje eu posso “me responder” onde foi que eu errei ao tratar os meus cabelos com henê.

No post no meu blog Mais Saúde e Beleza Online (leia a matéria) eu fiz vários questionamentos sobre como usá-lo e como saber onde eu errei. 
A minha experiência desde o começo não foi agradável e é preciso dizer que ninguém sabe como cada pessoa cuida de seus cabelos e isso ninguém tem como saber, às vezes nós mesmos nos sabotamos e culpamos os produtos, não é verdade?

Hoje eu posso responder esses comentários que naquela época me deixava estressada, eu confesso.

Essas frases são sobre quebra e queda com henê.
Eu estou falando aqui sobre a minha experiência com o meu cabelo. Eu só posso falar aquilo que deu certo pra mim.

- Que eu não soube usar o henê;
Sim. Hoje eu concordo.
O que eu posso dizer sobre.
O henê é uma química e eu confesso que usei em excesso, às vezes passava em intervalos menores do que indicado no rótulo. Eu fazia isso porque o meu comprimento já estava liso por causa de outra química e queria igualar, pois me incomodavam duas texturas.

- Que não cuidei bem do meu cabelo;
Também concordo como eu já estava com quebra e me disse que queratina poderia causar quebra se usada em excesso, fiquei com receio, mas se os meus fios já estavam com quebra como eu poderia saber se é excesso ou não da queratina, hoje eu percebi que meu cabelo necessita de queratina, pois eles são lavados diariamente e por isso perde aminoácidos e a quebra é exatamente por sua falta. 
Hoje em dia eu uso a queratina todas as vezes que eu sinto meus fios fracos, como eu sei que meus cabelos estão frágeis? Quando eu puxo e ele se arrebenta com facilidade, se eu perceber essa fragilidade eu faço um tratamento com queratina até sentir que os fios estão fortes novamente, mas eu não passo a queratina pura não, eu misturo uma tampinha na minha mascara capilar e aplico enluvando mecha a mecha com os fios lavados e úmidos, deixo agir por 15 minutos e finalizo com creme sem enxágue e deixo secar naturalmente.

- Que eu fazia misturas com henê;
Confesso que eu fiz sim misturas.
Eu usei henê com leite.
Misturei henê em gel com henê em pó.
Quer dizer, eu mesma cavei a quebra dos meus fios e depois culpei o henê pelo estrago, mas hoje eu sei que fui totalmente à culpada.

- Que era por falta de hidratação;
Sobre hidratação eu concordo em partes, pois nessa parte eu sempre cuidei bem, porém faltava o principal que é a queratina, usava uma vez ao mês, mas não era o suficiente para repor o que meu cabelo perdia, pois ele era e é lavado diariamente.

- Que é por excesso de hidratação;
Nesse caso tenho certeza que não.

- Que é por excesso de queratina;
Agora com a volta do henê, eu sinceramente mesmo usando queratina duas vezes na semana ou quando o meu cabelo está fraco eu nunca notei esse excesso de queratina, então para deixar os fios rígidos à pessoa deve extrapolar com a quantidade usada. Eu não faço uso de queratina pura, talvez seja isso por eu nunca ter sentido fios rígidos. 

- Que não retirava bem o henê do couro cabeludo;
Eu acredito, que couro cabeludo com resíduo de henê pode sim causar a queda, isso acontece até com cabelos oleosos ou excesso de creme acumulado no couro cabeludo, penso eu, se o bulbo capilar está obstruído os folículos pilosos podem enfraquecer e adeus raiz.

- Que é preciso usar tônico antiqueda para fortalecer a raiz;
Na verdade eu prefiro uma alimentação mais saudável incluindo vitaminas A, B, C e proteínas.
A couve é uma verdura extremamente rica em nutrientes e vitaminas e comecei a comê-la diariamente uma folha ao dia e notei que meus cabelos estão mais resistentes e não tenho mais queda. Então, não é necessário usar tônico desde que sua alimentação seja equilibrada e seu corpo não tenha deficiência desses nutrientes.

- Que usou henê muitas vezes no comprimento e não protegeu as pontas;
Concordo, o excesso de química pode fragilizar os fios, uma hora esse cabelo vai saturar e vai se romper. Isso acontece com qualquer procedimento químico e provavelmente foi isso que aconteceu com os meus cabelos.

- Que não respeitou o tempo descrito na embalagem do produto;
Concordo se está lá é porque deve ser seguido à risca, mas às vezes a ansiedade do liso é tão grande e o henê demora em alisar, ai acaba por fazer sem imaginar as conseqüências dos danos causados aos fios.

- Que seu corpo está com deficiência de vitaminas;
Concordo, talvez esteja faltando àquela quantidade de vitamina para os fios. O nosso corpo absorve os nutrientes e os últimos a recebê-los são cabelos e unhas, então vamos nos alimentar de forma correta para termos cabelos saudáveis.

Como saber o que enquadra ao meu problema, então como eu vou saber o que realmente está certo?

Sabe a resposta?
É você saber observar os seus fios, somente assim você vai saber como cuidá-los.

Outra pergunta?
Você sabe qual é o produto que te causou danos nos seus fios?

Você é aquela que usa vários produtos capilares?
E se um está te causando dano, você vai saber distinguir qual foi?
Então, será que vale a pena essa quantidade de produtos capilares?

Eu não tenho costume de experimentar e trocar meus produtos de cabelo, o que está ganhando não se meche.

O que você achou desse post?

Conte para nós suas experiências.




O primeiro a se fazer é não ficar preocupada com a queda, isso só vai agravar o problema. A sua queda foi por causa do botox e uso de tintura, é importante que você dê uma pausa nas químicas para o couro cabeludo descansar. Fique pelo menos 3 meses sem usar nada que possa fragilizar os fios.

Continua usando o tônico para queda para estimular os folículos pilosos, isso vai fortalecer o bulbo capilar e os fios voltarão a crescer mais fortes. Fazer massagens no couro cabeludo também é importante, lavar o couro cabeludo ajuda a desobstruir os poros e a raiz possa respirar, continue usando shampoo específico para queda capilar.
Para seu cabelo crescer saudável é importante uma alimentação saudável é indicado comer muitas frutas e legumes que tenha vitamina B, C, A e E e proteínas e beba muita água. Você vai ver que os cabelos voltarão a crescer.
Quando a uma queda excessiva é demorado o bulbo capilar voltar a produzir novos fios, pois foi arrancado da raiz, tem fios que demoram mais de 5 meses para voltar a criar raízes, por isso é importante se alimentar bem para dar força a esses fios novos que vão chegar. É importante deixar o couro cabeludo sempre limpo e não deixe o couro cabeludo oleoso isso pode atrapalhar o desenvolvimento de seus fios novos. 
Faça hidratações para manter os fios fortes.
Qualquer dúvida é só perguntar.


Você já teve queda capilar?Conte para nós, a sua participação é muito importante.

Sua fibra capilar está danificada, com aspecto ressecado, sem elasticidade e frágil? Você sabe qual é o tratamento seguir para devolver a vida aos seus fios? Pois bem, primeiro tratamento a ser feito é repor tudo aquilo que seus cabelos perderam com esses processos químicos que agridem a fibra capilar.

Existem vários tratamentos para repor os aminoácidos que são tão importantes para manter os cabelos saudáveis. A queratina possui ação protetora e fortalecedora. Por isso, é fundamental para os fios que necessitam dessa proteína para continuarem fortes, com elasticidade, brilho, volume e resistência que é indispensável para a saúde dos cabelos.

Quando os fios passam por processos químicos, sejam eles, por descoloração, tintura, alisamento, permanente ou mesmo escova e chapinha os cabelos sofrem com as agressões se tornando quebradiços, frágeis, finos e sem elasticidade. Quando aplicada, essa proteína, ela devolve força e vitalidade aos cabelos, uma vez que penetra no fio e o reconstrói por meio de suas cutículas.

O resultado do tratamento são cabelos fortes, macios, com balanço, resistente e aspecto saudável. O ativo vegetal é bem similar com a queratina humana, o que garante ainda mais benefícios e melhores resultados de regeneração do brilho. A queratina vegetal também é conhecida com fitoqueratina.

A queratina vegetal é extraída do arroz, soja, trigo ou milho. Ao comprar um produto capilar de reconstrução deve está descrito no rótulo:
- Hydrolyzed Wheat Protein (extraído do trigo)
- Hydrolyzed Corn Protein (extraído do milho)
- Hydrolyzed Rice Protein (extraído do arroz)
- Hydrolyzed Soy Protein (extraído da soja)
- Hydrolized Vegetable Protein (extraído das algas)

A queratina é formada cerca de 21 aminoácidos. São eles: Aspargito, Glicina, Alanina, Serina, Cisteína, Tirosina, Ácido Aspártico, Ácido Glutâmico, Arginina, Histinina, Aspargina, gleitamina, prolina, fernilalanina, valina, triptolina, Lisina, Leucina, Isoleucina, Metionina e Treonina.

Quais são os produtos que você costuma usar nos seus cabelos? Conte para nós, sua participação é muito importante.

O preço que se paga para conseguir um corpo perfeito
Será que vale se sacrificar para ter um corpo perfeito e todo malhado? Será que vale se sacrificar em uma academia carregando tanto peso sobrecarregando o seu coração? A pessoa fica tão obcecada e não percebe o que pode está acontecendo ao seu corpo. Tudo em excesso é prejudicial.

Você sabia que os suplementos estimulantes para malhar são perigosos quando não se sabe a sua procedência? Esses suplementos prometem músculos rápidos e emagrecimento rápido, mas podem levar a problemas cardíacos e insuficiência renal.
Um colega do facebook fez uso desses suplementos e malhava pesado foi fazer uma cirurgia de apendicite, até ai nada de grave, ele teve 3 paradas cárdicas, ficou em coma não resistiu e faleceu. 
Será mesmo que vale esse sacrifico todo?
“Não vá atrás de conversas de amigos. Para qualquer alteração no corpo é preciso passar por uma série de avaliações clínicas para ver qual a condição de saúde da pessoa.”

O que você pensa sobre ter o corpo sarado estilo fitness?
Conta pra nós. A sua opinião é sempre bem-vinda!
Para você não detonar os cabelos com chapinha, vou dar algumas dicas importantes para manter os fios sempre hidratados.

Veja abaixo algumas perguntas e respostas sobre o uso da chapinha e se ela realmente estraga os cabelos.

1º- A chapinha estraga os cabelos, deixando eles ressecados e quebradiços?
Não, desde que você use a chapinha adequadamente, para proteger os cabelos é importante não exagerar na temperatura do aparelho que deve estar no máximo em 190 graus, mais quente pode sim detonar os fios.

2º- Que produto usar antes de passar a chapinha?
Use creme sem enxágüe (os leaven-in) com termoativado ou termoprotetor que tenha em sua formulação a queratina ou o silicone.

3º- E depois de usar a chapinha, o que devo usar?
Passe um hidratante a base de óleo, os reparadores de pontas são essências para repor a água perdida dos fios.

4º- O que prejudica mais os cabelos, o secador ou a chapinha?
Chapinha prejudica mais, pois o calor passa diretamente nos fios. Por isso, deve usar com cuidado e moderação, nada de exageros.

5º- Quais os danos causado pela chapinha?
Os cabelos podem ficar ressecados, e em caso mais graves podem quebrar e até mesmo queimar os fios.

6º- Quantos dias por semana é recomendado o uso da chapinha?
Se usado da maneira certa pode ser usada 3 vezes por semana, mais que isso eu não aconselho.

7º- Pode usar a chapinha em cabelos molhados?
Não. Porque para secá-lo vai ser necessário varias pranchada, e isso pode acabar cozinhando os fios. O recomendado é fazer uma escova antes, ou mesmo bater o secador dependendo do tipo do cabelo.

8º- Mesmo sendo chapinha própria para cabelos molhados?
Não é aconselhável mesmo sendo própria para cabelos molhados.

9º- A chapinha pode ser encostado no couro cabeludo?
Não. Pode acabar queimando o couro cabeludo, mantenha uma distancia de 3 centímetro de distancia.

10º- Faz mal usar a chapinha em crianças?
Não é aconselho o uso de aparelhos agressivos em crianças menores.

11º- Qual é a vantagem da chapinha de cerâmica?

Ela mantém uma temperatura estável, por isso, não é necessário pranchar os cabelos muitas vezes no mesmo lugar.

12º- E a chapinha de íon?
Ela fecha as cutículas, deixando os fios mais brilhantes e macios e acaba com o arrepiado, o famoso frizz.

Você costuma usar chapinha?Conte para nós os produtos que você costuma usar para proteger os fios das agressões do calor da chapinha.Sua opinião é sempre bem-vinda!
Eu não sou muito de testar produtos capilares, normalmente costumo usar sempre os mesmos. Então, se o meu cabelo está saudável e se por aventura usar outro produto eu terei a certeza que foi ele que danificou ou não os meus fios. Quando eu tive quebra a 3 anos atrás fiquei na dúvida qual o produto que tinha me causado os danos, pois estava fazendo o uso de henê, então pensei - é o henê, porém na época essa quebra só apareceu depois que eu comecei a fazer o uso de óleo de coco. Como assim? O óleo de coco é excelente para os cabelos, então nem cogitei que poderia ser ele. Eu decidi parar de usar henê, entrei em transição em seguida e voltei com os fios naturais.

Agora em 2016 como o meu cabelo estava saudável e natural pensei em usar henê novamente. Comecei a aplicar em 09 de Abril de 2016, já fiz 12 aplicações e a fibra capilar continua forte e com elasticidade normal dos fios, sempre fazendo as hidratações com os produtos de sempre. Pensei agora eu acertei com henê, aprendi a cuidar dos fios.

Até nesse momento eu não tinha usado o óleo de coco nem com os cabelos naturais, mas pensei eu vou fazer uma umectação, passei o óleo de coco nos cabelos e fui dormir. No dia seguinte de manhã lavei os meus cabelos e senti meus fios frágeis novamente e até um dia anterior não estava. Lógico que na minha cabeça veio novamente à dúvida se foi o henê. Então, dei uma pausa com henê 19 de Junho de 2016 e com o óleo de coco, comecei a fazer reconstrução usando queratina misturada a máscara capilar durante 1 semana sem intervalos e consegui devolver a elasticidade a fibra capilar. O cabelo está forte novamente.

Eu ainda não fiz minha aplicação de henê, hoje é dia 06 de Julho de 2016, e tenho feito teste com o óleo de coco uma vez na semana somente os fios da nuca e tenho sim sentido os meus fios frágeis, sem elasticidade, se partindo facilmente e o restante dos fios continuam normais.

Por isso eu digo, preste bem atenção aos seus fios quando testar produtos novos, talvez possa ser ele que está danificando os seus cabelos e você nem imagina que pode ser. Não é porque aquele produto é excelente para suas amigas que vai ser pra você também. Eu vou voltar a usar henê somente em Agosto e retornarei aqui para confirmar se realmente foi o óleo de coco que enfraqueceu meus fios.



Aguarde...

Cuidar da aparência é essencial para ter a autoestima elevada. Entretanto, quando surgi um problema de beleza algumas pessoas não sabem o que fazer e se desesperam. O primeiro passo é respirar fundo e se acalmar porque tem solução. Todavia, para tudo dá certo é fundamental saber alguns truques que disfarçam, amenizam e corrigem esses pequenos problemas.
Quem é que não gosta de chamar a atenção por onde passa?
Vamos às dicas:

1 – O que fazer com cabelos opacos e sem vida?
Quem é que nunca passou por isso, não é verdade? O cabelo está com o corte em dia, mas o cabelo está sem brilho e opaco. Normalmente cabelos ficam sem vida quando abusa do sol, alimentação errada, química em excesso ou qualquer produto que agride a cutícula dos cabelos, quando as escamas estão abertas impedem que a luz reflita sobre os fios.
* Solução do problema:
Evite ou diminui o uso de equipamentos que necessitam de calor como: secador, chapinha e babyliss. Hidratações (cronograma capilar é a melhor opção) duas 2 na semana são essenciais para manter os fios saudáveis e com brilho, mas lembre-se de deixar os fios secarem naturalmente até recuperarem o brilho.

2- Como disfarçar espinhas em momentos especiais?
Quem é que nunca passou por isso? A vontade que dá é espremê-las, porém não é a melhor opção. Elas podem aparecer no período fértil (mulheres ovulando), hormônios desregulados (muito altos), estresse e uso de produtos errados para seu tipo de pele.
* Solução do problema:
O mais indicado nessa hora é disfarçar a espinha usando corretivo e uma boa maquiagem para camuflá-la. Entretanto, se as espinhas te incomodam o recomendado é fazer um tratamento. A limpeza de pele é importante para a pele poder respirar. Livre de resíduos os poros não são obstruídos, também é importante usar produtos livres de óleo em sua formulação (oil free). Dependendo do grau das espinhas é aconselhável fazer tratamento com um dermatologista que pode indicar produtos tópicos e até via oral.

3- O que fazer com mãos ásperas e grossas?
Nenhuma mulher merece isso, não é mesmo? Não se preocupe se suas mãos estão feias.
* Solução do problema:
Para mãos lisas e hidratadas use hidratante específico para mãos, o indicado que o produto tenha ureia, pois é essencial para protegê-las das agressões do dia a dia e de produtos de limpeza, devolvendo a maciez e deixando-a mais hidratada.

4- O quer fazer com pele ressecada e muito seca?
Pele desidratada, falta de hidratação, sua pele está seca e com aspecto esbranquiçado.
* Solução do problema:
A hidratação é essencial para evitar ressecamento. O recomendado é uso de produtos adequados ao seu tipo de pele. É fundamental tanto o corpo como o rosto, pois eles precisam de atenções, existem tipos de creme para cada área da pele e esse simples ato ajuda a manter a pele lisa e macia devolvendo a água perdida. A esfoliação é indicada uma vez na semana, ela serve para eliminar células mortas para uma renovação celular e não se esqueça do hidratante.

5- O que fazer com fios secos e ressecados?
Verão e o Inverno são épocas que os cabelos sofrem com as mudanças de temperaturas e fatores externos como: vento, poeira, mar e o sol são outros fatores que deixa o cabelo mais sensível.
* Solução do problema:
Proteja sempre os fios com produtos como: serum, óleos, reparadores de pontas com filtro solar, também usem máscaras capilares, elas são indispensáveis para manter os fios saudáveis. Faça sempre hidratação para devolver os nutrientes e vitaminas que os cabelos perdem com as mudanças bruscas de temperatura.

6- O que fazer para disfarçar fios brancos?
Os fios brancos são impossíveis de evitá-los, uma hora ou outra eles vão aparecer, pois nada mais é que a falta de melanina, mas é complicado escondê-los, usar tintura em excesso danifica os fios.
* Solução do problema:
Aceite seus cabelos brancos ou continue a usar as tinturas, pois ainda não descobriram um produto que devolva a pigmentação dos fios.

7- O que fazer para amenizar manchas escuras na pele?
O melasma é difícil de eliminá-lo, as manchas aparecem por excesso de sol ou hormonal.
* Solução do problema:
Você pode disfarçar essas manchas com maquiagem, é a forma rápida para esconder as imperfeições, ou em longo prazo fazer tratamento para clareá-las definitivamente. Você pode fazer uso de pomadas com ácidos, peeling ou tratamento a laser, mas é indispensável o uso de filtro solar para evitar o aumento das manchas. Vitamina C é excelente para ajudar a uniformizar a pele, então incluam em sua alimentação mais frutas e legumes.


Deixa seu comentário! Conte para nós seus segredos de beleza. Sua participação é sempre bem-vinda!


Nunca gostei de franja, mas o cabelo estava precisando. 
Eu reparto meu cabelo ao meio desde os 18 anos e de uns tempos eu percebi que essa área estava ficando cada dia mais rala principalmente depois da queda capilar que tive em 2013 e uns dos motivos é a Alopecia por tração (puxava bastante para fazer coque, ficava de coque praticamente o tempo todo).

A minha franja é a parte mais crespa e os fios estavam bem espigados por causa do teste que tinha feito com tioglicolato de amônia (antes de começar a tratar meu cabelo com henê!) e também precisar cauterizar a parte saudável. 
Fios com escamas aberta não segura nenhum tratamento.

Agora é me acostumar com o novo visual.

Veja ao vídeo:


Vídeo mais detalhado:

Henna e henê são produtos para fins diferentes.
A henna é para tingir os fios e não modifica a estrutura capilar.

O henê é para alisamento progressivo dos fios e dependendo do cabelo pode demorar para alisar e talvez vai precisar de 20 a 30 aplicações para ter o cabelo liso escorrido. O henê agi encapando os fios formando uma película. Por isso, não pode usar nada que possui água oxigenada, tioglicolato de amônia, guanidina, hidróxido de sódio e amônia, pois a reação dessas químicas podem vir a dar corte químico e até queda capilar.

Se você decidir usar henê tem que está ciente que vai ficar por muito tempo com os cabelos pretos (fica bem preto igual aquelas tintas preto azulado), eu não posso afirmar sobre henê de outras cores. Se desejar parar com o henê será necessário deixar o cabelo crescer e ir cortando as pontas até ficar livre, pois o henê não sai dos fios, ele é permanente. Hoje existe progressivas compatíveis. Entretanto, é necessário o teste de mecha para saber como os fios vão reagir. Aconselho sempre esperar 2 semanas ou mais para ver o que vai acontecer com essa mecha teste.

No começo do tratamento no rótulo do produto é indicado usar 2 vezes na semana pelo menos o henê Pelúcia e Rená, mas vai depender da estrutura de seu cabelo, mas você pode está usando 1 vez na semana, porém vai demorar mais para alisar e também não vai danifica-lo. Quando os fios chegarem ao liso que você deseja não será mais necessário usar no comprimento e poderá retocar somente a raiz e dependendo do crescimento você poderá aplicá-lo 1 vez ao mês. É importante sempre fazer hidratações para manter os cabelos saudáveis, pois o henê também é uma química e precisa de cuidados.

Eu usei henê em 2012, porém meu cabelo estava fragilizado só que eu não sabia. Eu usava hidróxido de sódio por 7 anos e por essa razão, eu tive quebra, cortei os cabelos e decidi ficar com ele natural. Agora em 2016 voltei com henê, mas dessa vez estou tratando muito bem dos meus cabelos, já apliquei 9 vezes. Os fios continuam fortes e saudáveis.

Eu tenho um canal no youtube e estou colocando todas as etapas de alisamento. Depois se você quiser conferir esse é o link
Acesse o canal: Lucianarf7l ou Luh Fernandez

Qualquer dúvida sobre o henê é só perguntar.


Dicas para mães, pais e familiares das crianças.
- Não deboche dos medos da criança. Esse simples ato diminui a sua confiança, então não ria e nem repudia. Faça com que ela se sinta confiante.

- Ajude-a a enfrentá-lo de forma lenta e no seu tempo, mostre-a aos poucos que não precisa ter receio e jamais a force. Seja paciente.


- Explique que não é necessário todo esse medo, mas que seja de forma racional e tranquilo. Não se exalte, não brigue e principalmente não a agride.

- Faça a criança entender que não precisa se amedrontar, conte uma história engraçada usando como tema o motivo desse medo.

- Mostre para ela que não tem nenhum perigo, conte uma história onde a criança vence esse medo tão temido.

- Não dê motivos para a criança sentir medo.
Com o tempo ela vai se superar.

Você tem mais algumas dicas legais para a criança perder o medo?
Conte para nós. Sua participação é muito importante.

Cabelos cacheados estão com tudo. Entretanto, existem mulheres que amam ter os fios lisos. Por isso, eu resolvi passar para vocês uma receita caseira para alisá-los de forma natural, não será um efeito de liso escorrido, mas ajuda a amenizar o aspecto de fios rebeldes e frizz. Você vai precisar somente de 2 ingredientes.

Vamos à receita:
Ingredientes:
- 200g de leite integral
- 1 colher (sopa) de maisena

Modo de preparo e aplicação:
Em uma cumbuca, misture o amido de milho ao leite e mexa até dissolver, não é necessário levar ao fogo.

Aplique nos cabelos limpos e secos.

Passe da raiz ao comprimento e penteie os fios com pente de dentes finos até o preparo começa a secar, deixe o cabelo bem alinhado. Essa técnica é conhecida como alisamento de gesso. Os fios ficarão duros por causa do efeito gesso, não prenda para não marcar.

Deixe o preparo agir por 1 hora e enxágue somente com água e finaliza com condicionador. Você pode optar em fazer escova, mas antes passe um protetor térmico para proteger a fibra capilar.

Obs.: O alisamento de gesso propicia cabelos mais hidratados e ameniza as ondas. Não será um alisamento total, mas ajuda a domá-los. O ácido lático existente no leite é o responsável pelo “alisamento” dos fios.

Você pode aplicar de 15 em 15 dias para manter os fios comportados.
Cabelos oleosos necessitam ser lavados diariamente para evitar o acúmulo de oleosidade no couro cabeludo e nos fios. O excesso de sebo pode entupir os folículos pilosos enfraquecendo o bulbo capilar por falta de oxigenação e causando queda capilar. Para não estimular o aumento de oleosidade evite escovar os cabelos muitas vezes ao dia e também de passar as mãos sobre os fios. Esse hábito pode estimular e aumentar a oleosidade do couro cabeludo.

Existem no mercado produtos específicos para amenizar os problemas de oleosidade excessiva, mas se você gosta de receita caseira continua a lendo.


Receita caseira de shampoo de alecrim e sabão de coco
Ingredientes:
- 2 colheres (chá) de alecrim
- 1 xícara (chá) de água filtrada ou mineral
- 250g de sabão de coco em barra ralado
- 2 ½ xícara (chá) de água quente

Modo de preparo e aplicação:
Com o auxilio do liquidificador, bate o alecrim com á água. (reserve).

Em um recipiente de vidro, dissolva o sabão de coco na água quente.

Misture os dois líquidos até ficar homogêneo.

Coloque em um vidro de plástico e sempre que lavar os cabelos use-o nos fios molhados e faça uma massagem no couro cabeludo.

Enxágue bem e faça o procedimento de costume.

Esse shampoo pode ser usado duas vezes na semana para ajudar a reduzir a oleosidade.

O shampoo se bem conservado pode ser usado em até 1 mês.


Oi Meninas!
Hoje eu tomei coragem e decidi gravar um vídeo como eu mesma corto os meus cabelos desde os 15 anos. Confesso que já fiz vários estragos nos cabelos tentando acertar, chorei quando ficava torto ou quando cortava muito, mas também já pulei de alegria quando acertava na mão. Ao longo das tentativas fui me aperfeiçoando e resultado final foi me agradando e por isso, decidi compartilhar com vocês.

Eu tenho várias técnicas usando xuxinha e como fazer você mesma o corte de cabelo. Este modelo de corte pode ser somente as pontas ou radicalizar com estilo Chanel. Eu vou tentar gravar outros vídeos com técnicas diferentes. Entretanto, se você não sabe lidar com seus cabelos eu recomendo que não faça para não se arrepender depois, pois mesmo no começo com a mesma forma usada eu já deixei meu cabelo torto, o que vai te proporcionar um resultado legal é exatamente como os fios são penteados e isso leva tempo até se aprimorar.

Esses modelos de corte fui eu mesma que cortei usando essa mesma técnica do vídeo.

No vídeo eu estou com cabelos cacheados, pois com meus problemas de queda capilar por causa de alisamento eu decidi voltar com os fios naturais, mas o indicado é para cabelos lisos, porém alguma cacheada quiser se aventurar? Entretanto os cortes adequado aos cachos são em camadas e repicados.

Assista ao vídeo abaixo e saiba como cortar o cabelo em formato U arredondado.


Você costuma cortar os seus próprios cabelos ou preferi ir a salão de beleza?
Qual a técnica você costuma fazer?
Conte para nós. sua opinião é muito importante!


Com a tecnologia ao nosso lado ficou mais fácil entender sobre produtos capilares e também em adquiri-los. O que era vendido somente por profissionais da área, hoje em dia, está à disposição dos consumidores comuns. A internet propiciou a milhares de pessoas facilidade em comprar produtos em geral. Como esse post o foco são produtos de alisamentos e relaxamentos, eu posso afirmar foi o paraíso para mulheres que adoram tratar de seus próprios cabelos. Entretanto, muitas delas não sabem ao certo diferencias os princípios ativos e correm o risco de danificar a fibra capilar pela incompatibilidade das fórmulas. Quando duas químicas diferentes se chocam causam danos aos fios como: ressecamento, pontas ásperas, fios elásticos, quebra, queda, emborrachamento da fibra capilar, fragilidade e o pior de todos; o corte químico.

Você sabe a diferença entre a guanidina e tioglicolato de amônia?
Essas químicas são incompatíveis e não devem ser usadas por cima dos fios que são tratados por uma delas. Essa facilidade de comprar os produtos de alisamento de uso profissional, muitas mulheres acabam danificando sua fibra capilar, pois não sabem diferenciar o tipo de alisamento causando danos enormes e muitas das vezes somente um corte resolve o estrago. O mais indicado quando se faz procedimento químico é permanecer somente com um tipo de química e não ficar experimentando pra saber qual alisa melhor. No caso de trocá-las é indispensável fazer teste de mecha e esperar alguns dias para ver a reação dos fios e aplicar com pausa de 6 meses, esse é o tempo recomendado por profissionais.

Existem variedades de progressivas no mercado com vários princípios ativos: base de formol, ácido glioxílico, glutaral e carbocisteína, então ao escolher uma química é importante ter certeza que jamais colocar em seus cabelos as incompatíveis, mas é importante teste de mecha. Quando for adquirir uma progressiva observe a fórmula do produto e use somente com os mesmo princípios ativos. As progressivas conhecidas como: definitiva ou inteligente são à base de guanidina e tioglicolato de amônia, essas são incompatíveis e pode causar danos aos fios. Alguns alisamentos devem ser feito por profissionais qualificados para conseguir o melhor resultado, mas necessário dizer para a cabeleireira o que você já fez nos seus cabelos para ter sucesso no procedimento escolhido para não danificá-los, então aproveita as dicas e veja a diferença entre guanidina e tioglicolato de amônia.

Guanidina – em hipótese alguma use em cabelos que são tratados com amônia, henê ou alisante (principio ativo tioglicolato de amônia). Se você optou pela guanidina e pretende tingir os cabelos não é indicado o uso de coloração permanente que tem em sua formulação amônia e água oxigenada para não causar quebra ou deixá-los elásticos, mas se preciso for use tintura a base de água ou sem amônia e somente após 1 semana da aplicação da guanidina, porém faça antes o teste de mecha para ver a reação e após tingi-lo faça hidratações para fortalecer os fios.
Tioglicolato de amônia – quem optou em usá-la também não devem ser usados em cabelos com outras químicas com principio ativo como: guanidina e henê (pirogalol), mas para quem gosta de mudar o visual, os cabelos que usam esse tipo de química podem receber oxigenada de baixo volume de oxidante. Por isso, pode ser feito reflexos com coloração e balayage com descolorante e tinturas em geral, mas é de extrema importância ao usar qualquer química fazer o teste de mecha para ter certeza que o cabelo aguenta tal procedimento.
Em relação aos cuidados dos cabelos todo cuidado é pouco. Por isso, ao se aventurar em mudar o seu visual escolha sempre aquela química compatível com a que você tem no momento e se pretender trocá-la é necessário uma pausa de 6 meses para começar o tratamento na raiz dos seus fios para não acontecer nenhum imprevisto.

Você tem costume em cuidar dos seus cabelos?

Costuma comprar produtos capilares pela internet?
Quais sites você costuma comprar?
Conte para nós.
Sua opinião é sempre bem-vinda!






As informações fornecidas no Cabelo Beleza e Saúde são para simples referência. O seu conteúdo não deve ser utilizado para autotratamento e automedicação. Sempre procurar um médico, pois somente ele poderá indicar o melhor para a sua saúde e nada substitui a palavra de um especialista.
Copyright © 2017 Todos os direitos reservados Precisamos de leitores com ou sem experiência. . Tecnologia do Blogger.